Filmes por gênero

TRAPÉZIO (1956)

Trapeze
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Trapèze (França)
Trapecio (Espanha, Argentina)
Trapez (Austria, Alemanha)
Trapets (Suécia)
Trapetsi (Finlândia)
Трапеция (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Romance
Direção: Carol Reed
Roteiro: James R. Webb
Produção: James Hill
Design Produção: Rino Mondellini
Música Original: Malcolm Arnold
Fotografia: Robert Krasker
Figurino: Veniero Colasanti
Guarda-Roupa: Joseph Dimmitt, Franco Salvi, Gladys de Segonzac
Maquiagem: Louis Bonnemaison
Efeitos Sonoros: Francis J. Scheid, Jacques Carrère
Efeitos Especiais: R.J. Lannan
Efeitos Visuais: Walter Castle
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 1958

Elenco

Burt Lancaster Mike Ribble
Tony Curtis Tino Orsini
Gina Lollobrigida Lola
Katy Jurado Rosa
Thomas Gomez Bouglione
Johnny Puleo Max
Minor Watson John Ringling North
Gérard Landry Chikki
Jean-Pierre Kérien Otto
Gamil Ratib Stefan
Pierre Tabard Paul
Edward Hagopian 3º partner de Lola
Sidney James Encantador de cobras
Joe Warfield Fotógrafo
Roland Carey Trapezista
Mme Felco Cipriano Ela própria
Betty Codreano Ela própria
Achille Zavatta Ele próprio
Paul Faivre Barman
Guy Provost Jornalista

Prêmios

Festival Internacional de Berlim, Alemanha

Prêmio Urso de Bronze (Carol Reed)

Prêmio Urso de Prata de Melhor Ator (Burt Lancaster)

Prêmios Bambi, Alemanha

Prêmio Bambi de Melhor Atriz Internacional (Gina Lollobrigida)

Indicações

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Carol Reed)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em Paris, o jovem e impetuoso americano Tino Orsini procura o outrora famoso trapezista Mike Ribble no Circo Bouglione. Tendo ficado coxo após uma queda, quando tentou um perigoso salto mortal triplo, Mike transformou-se numa pessoa solitária que bebe demais. Ao encontrá-lo, embora Mike se mostre impressionado com a juventude e as habilidades genuínas de Tino, ele se recusa a considerar seu pedido para treiná-lo a executar o perigoso salto. Quando o proprietário do circo assegura a Tino que estaria interessado em promover um número com ele e Mike, Tino segue Mike até um bar frequentado pelos artistas circenses.

Mike continua a evitar Tino, até ser convencido por sua antiga amante, a amazona Rosa, que retornara do exterior após três anos se apresentando com seu marido e treinador Chikki. Admitindo que Tino tem talento para realizar a ousada façanha no trapézio, Mike se esforça para deixar de beber, a fim de poder se dedicar a treiná-lo em tempo integral. Durante as semanas que se seguem, ele exercita Tino impiedosamente, na certeza de que será bem sucedido. Enquanto isso, Bouglione continua a fazer testes para vários atos que pretende apresentar em sua próxima temporada, mas se recusa a contratar a italiana Lola e seus três parceiros acrobatas.

Ao assistir Mike e Tino realizarem bem sucedidos saltos duplos e uma tentativa fracassada de um triplo, Lola percebe que eles serão as novas estrelas do circo e convence Bouglione que ela pode se tornar parte do número deles. O proprietário do circo lhe avisa que Mike jamais aceitará uma mulher participando de seu número, mas concorda em contratá-los se ela tiver sucesso. Calculadamente, Lola diz aos seus parceiros que Bouglione não pretende contratá-los, sugerindo que eles procurem trabalho em outro lugar. Prometendo juntar-se a eles em poucos dias, ela, no entanto, procura namorar Mike e se irrita quando ele a dispensa. Voltando-se para Tino, Lola rapidamente consegue manobrá-lo, mas prossegue com cautela para não perturbar a crescente ligação entre ele e Mike. Paralelamente, Bouglione insiste que Mike inclua Lola em seu número, acreditando que a beleza dela vai atrair um maior público. Apesar de ofendido, Mike relutantemente concorda a fim de manter o interesse de Bouglione.

Na noite da estreia do show, os acrobatas retornam e, irritados com Lola por mentir para eles, a ameaçam. Mike intervém, mas diz à Lola que, depois da estreia, ela será descartada daquele número. Apesar da presença do famoso empresário de circos, John Ringling North, na plateia, Mike sente que Tino ainda não está pronto e eles não tentam o salto triplo. Depois que os homens descem de suas barras e recebem uma ovação entusiástica, Lola continua a se apresentar em uma corda, enfurecendo Mike, mas agitando o público.

John Ringling North congratula-se com o retorno de Mike e elogia Tino, embora questione a presença de Lola. Mike lhe assegura que conseguirão realizar o triplo em três semanas de treinos, fazendo com que Ringling North prometa que, se realmente conseguirem, ele os levará para participarem de seu show em Nova York. Indignada porque Mike a excluiu, Lola seduz Tino, cuja perda subsequente de sua concentração força um confronto entre ele e Mike. Quando Mike diz a Tino que Lola usa os homens para realizar suas ambições, Tino o critica por forçá-lo a escolher entre a mulher que ama e seu mentor. Quando Mike se desespera por conta da atuação de Tino em relação ao triplo, Rosa lhe diz que ele é tolo ao não perceber que Lola realmente o ama.

Nos dias que se seguem, Mike se mostra generoso para com Lola, durante os ensaios, e o desempenho de Tino melhora acentuadamente. Em seguida, ele se insinua para Lola, que corresponde somente para se mostrar  verdadeiramente angustiada com a ideia de magoar Tino. No dia seguinte ao encontro com Mike, Lola encontra-se com Bouglione, que se mostra temeroso em relação a Ringling North. Lola declara que vai convencer Tino a assinar um contrato que inclua o velho amigo de Mike, Otto, como seu novo assessor. Movido pela profunda preocupação de Lola em relação à sua lesão, Mike lhe confessa, para sua própria surpresa, que realmente a ama.

Sem saber como falar para Tino sobre seu relacionamento, o casal se assusta quando ele, usando informações fornecidas por Bouglione, o encontra em um pequeno hotel. Magoada, quando Tino repete as declarações de Mike contra ela, Lola foge e Tino o ataca violentamente, declarando terminada a relação entre os dois. Naquela noite, Mike descobre que Ringling North encontra-se na plateia, mas é surpreendido quando Bouglione o demite, indicando Otto para ficar em seu lugar. Mike tenta inutilmente falar com Lola e Tino e, ao iniciar o espetáculo, ele corre e assume o trapézio antes de Otto.

Tino se mostra furioso ao encontrar Mike na sua habitual posição de apanhador, ignorando as advertências em relação ao triplo. Na esperança de interromper o número, Bouglione dá ordens para que a rede seja retirada, iniciando um número de dança. Mike, no entanto, continua a exortar Tino a realizar seu sonho e, sentindo-se incentivado, ele se prepara para o salto mortal. O público e os próprios integrantes do circo permanecem em silêncio, enquanto Tino realiza, com sucesso, o salto triplo. Terminado o espetáculo, eles são assediados pela imprensa, enquanto Ringling North, alegremente, lhes oferece um contrato. Em seu camarim, Mike diz a Otto que ele deverá tomar seu lugar em Nova York. No final, Rosa observa quando Mike deixa o circo sozinho, juntando-se à Lola que o aguardava do lado de fora.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Carol Reed, a partir de um roteiro escrito por James R. Webb, “Trapézio” é um ótimo filme produzido pelas empresas Hill-Hecht-Lancaster Productions e Susan Productions em 1956. Sua trama, baseada num romance de Max Catto, é muito bem construída, fazendo com que o filme se encontre entre os melhores que tratam do mundo circense.

Na direção, Reed realiza um ótimo trabalho, o que lhe rendeu o prêmio Urso de Bronze do Festival Internacional de Berlim, bem como, uma indicação ao prêmio por Direção Excepcional, concedido pelo Grêmio dos Diretores da América. Na área técnica, merece ainda registro a bela fotografia em CinemaScope, a cargo de Robert Krasker.

No elenco, Burt Lancaster e Gina Lollobrigida brilham em seus respectivos papéis, seguidos pelas ótimas atuações de Tony Curtis, Thomas Gomez e  Katy Jurado.

CAA